Aprenda a evitar o estresse no trabalho

Pode-se definir estresse como um conjunto de reações fisiológicas necessárias para a adaptação a novas situações. Contudo, essas reações orgânicas e psíquicas podem provocar desequilíbrio no organismo se forem exageradas em intensidade ou duração. Infelizmente, o estresse está presente na vida profissional das pessoas desde sempre e pode ser nocivo, imobilizando equipes e trazendo resultados negativos para a empresa.

 

     1.Limites existem, aceite-os

Não adianta exigir de si mesmo características ou desempenhos que você não tem. Portanto, também não adianta topar desafios que você não será capaz de cumprir. O autoconhecimento nesse sentido, não é questão de autoajuda, é uma ferramenta que vai ajudá-lo a crescer na sua carreira para o resto da vida. Existem mapas de perfil e diagnóstico de características que podem ser realizados por coaches, psicólogos e até testes na internet.

  1.       Pouco dinheiro

Segundo pesquisas, a falta de dinheiro é um dos principais motivos de estresse e obviamente é levado para o local de trabalho. O mais importante é saber discernir o que são seus problemas pessoais e o que são problemas relacionados ao seu trabalho, à sua rotina. Já é um passo e tanto não misturar as coisas.

  1. Comunique-se

Se a comunicação está travada, se o clima na equipe está silencioso e escorregadio, é hora de parar para conversar abertamente. Isso exige coragem e maturidade por parte do gestor e do funcionário. Saber escutar o outro. Muitas vezes são pequenos incômodos de simples solução que estão “estressando” todo mundo. Com abertura, você ganha na reflexão de problemas sob vários âmbitos diferentes e assim pode chegar à soluções inovadoras.

       4.Delegue, não sobrecarregue

Poucos profissionais sabem a diferença entre saber delegar e sobrecarregar a equipe. Sem dizer que muitas vezes funcionários que estão sedentos por assumir novas responsabilidades são subestimados, o que também causa estresse. Uma atitude muito simples pode ajudar imensamente a equipe a equilibrar o volume de trabalho: o gestor pode perguntar quantas horas o funcionário estima para realizar a tarefa delegada.

 

E, aí? Não perca tempo, comece agora mesmo a praticar esses itens. Boa sorte!